quinta-feira, 19 de maio de 2011

sexagem fetal




Há trinta e pouquinhos anos atrás minha mãe só soube que EU era Eu, ou seja, uma menina linda como ela sonhava, após o parto. Como sonhava sou eu quem está dizendo, pois ela nem pensava em ter mais um filho. A Ultrassonografia estava surgindo e era para poucos. Naquela época faziam uma radiografia do abdome se fosse necessário saber a posição em que o bebe se encontrava dentro do útero, nossa...



Quando eu era criança vivia fazendo brincadeira da colher e garfo, do cordão de ouro (se girasse seria menino e se ficasse indo de um lado para o outro seria menina)... e quando pensei que isso era brincadeira de criança vem uma prima da minha mãe com um papo de uma conta que diz o sexo do bebê, utilizando o mês da data provável do parto com a idade da mãe quando engravidou, algo assim. Ela disse que o filho do meu irmão seria menina e nasceu o João Guilherme. Tem outro cálculo que soma a idade da mulher quando engravidou + o mês que ela engravidou + 9. Se der PAR = menina, se for ÍMPAR, menino; tem uma tal de Tabela Chinesa que foi enterrada na tumba de uma família real chinesa, há mais de 700 anos, e que, de acordo com o Instituto de Ciência de Pequim, se for bem usada, tem uma probabilidade de acerto de 99% dos casos. Hummm... tem mais: Barriga redonda é menina, barriga pontuda é menino (a maior furada!!!!!); Se ao redor do mamilo se formar uma “coroa” clara, a criança será menino, se for escura, será menina (de onde tiraram isso?); Pede-se para que a gestante ponha-se de pé, encostada numa parede. Se o primeiro passo for dado com o pé direito, a criança será do sexo masculino; se for com o pé esquerdo, será do sexo feminino; Quando a mulher começa a fazer o enxoval da criança, se a pessoa que chegar a casa for homem, ela dará à luz um menino; se for mulher, a criança será do sexo feminino (meio esquisito); Agora, como se não bastasse I, Pegar um coração de galinha e fazer um corte, levar ao forno, se o coração abrir é menina. É muita falta de serviço!

Hoje em dia é difícil algum bebe nascer sem que família saiba o sexo. A USG bem feita na época certa pode revelar o sexo fetal sem erros. Porém a medicina não sossega e hoje em dia temos exames feitos com urina, ex: Intelligender, e com sangue da mãe, como o teste de Sexagem Fetal, que revela o sexo fetal com mínima falha e, o melhor, mais precocemente que a USG! E como se não bastasse II, existe uma calculadora que você pode baixar no "baixaki" e, baseando-se nas datas de nascimento dos pais,  revela a porcentagem de chances de nascer um menino ou uma menina. É o Baby Gender Calculator, com estimativa de 75% de acerto. Bom, eu não tenho tempo pra testar, quem sabe um dia? Enfim, se você não for tão ansiosa, não tiver tempo pra ficar fuxicando o Google, não precisar descobrir o sexo fetal precocemente  ou preferir gastar seu $ em fraldas, é só aguardar a USG!


Você sabe identificar o sexo através das fotos abaixo? Na menina você verá um hamburguinho entre as pernas, já nos meninos verá uma tartaruguinha!
MENINO
MENINA

Quer saber mais? 



O Teste de sexagem fetal é um teste realizado a partir da 5ª semana de gestação com índice de acerto de 97% e que acima de 7 semanas este índice sobe para 99% (período ideal: após 8 semanas) é realizado através da coleta do sangue materno para estudar seu DNA. O sangue passará por um processo de centrifugação para extrair o DNA fetal do plasma materno, e então se forem identificadas partes do cromossomo Y na circulação materna, indica um menino e sua ausência uma menina. Isso ocorre porque apenas indivíduos do sexo masculino possuem o cromossomo Y em suas células (Mulheres XX, Homens XY).
Não há interferência de DNA de gestação anterior, pois o DNA detectado é livre (fora da célula) o qual é totalmente eliminado em até 72h após o parto. Portanto, qualquer gestante independente do numero de gestações anterior pode realizar o teste.

E se a gravidez for gemelar (gêmeos)?
Gêmeos univitelinos compartilham o DNA e terão mesmo sexo, sendo o resultado valido para ambos. Em Gêmeos bi vitelínicos, com mais de uma placenta, a presença do cromossomo Y indica que um dos bebês é do sexo masculino, não podendo determinar o sexo do outro bebê. A ausência de DNA masculino indica gravidez de duas meninas.

Onde realizar o exame?
Dos laboratórios que pesquisei o mais barato, no Rio de Janeiro, é o Bronstein (R$ 309), O Sergio Franco continua cobrando R$ 440, o Lamina R$ 467, o Fleury também mantém R$ 480 e o Richet aumentou para R$ 565!!! Já os laboratórios Labs e maiolino não realizam o exame. Se você souber de outro laboratório que eu não coloquei aqui, pode acrescentar nos comentários. 


Outro teste utilizado para saber o sexo fetal precocemente (após a 10ª semana de gestação) é realizado através da coleta de urina da mãe. Chama-se Intelligender e pode ser encontrado em algumas farmácias ou pelo site do fabricante. O teste oferece resultado em 10 minutos, com índice de acerto superior a 90%. A mulher não deve ter relações sexuais sem preservativo pelo menos 48 h antes do teste, não deve estar usando progesterona por 10 dias antes do teste e não deve ter síndrome do ovário policístico, uma vez que provavelmente obterá um resultado positivo para menino.

Onde encontrar o teste? Droga Raia do Leblon, Barra, Recreio e Ipanema, a R$ 336,98. Venâncio da Olegário Maciel (Barra) R$ 149,01 (e UM centavo??? será que se eu pagar 150,00 eles vão me dar 0.99 de troco?), no site do fabricante e sites: todaoferta.com.br R$ 199, shopmania.com.br R$ 322




5 comentários:

Anônimo disse...

Na Condelab Diagnósticos tá R$ 350,00 com resultado de 6 a 8 dias.

Anônimo disse...

Onde fica?

Anônimo disse...

em São Gonçalo/RJ

www.condelab.com.br

Unknown disse...

Liguei p Condelab hj.... agora custa r$300 e fica pronto entre 10 a 15 dias...

Unknown disse...

Liguei p Condelab hj.... agora custa r$300 e fica pronto entre 10 a 15 dias...