segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Mamografia

Mamógrafo


Mamografia é um exame que estuda as mamas à procura de alterações suspeitas de câncer de mama. Este exame é capaz de detectar o câncer precocemente, ou seja, quando ainda nem se tem nódulo. Isso aumenta as chances de cura.

A mamografia é o melhor exame para detectar precocemente o câncer, mesmo com 10% de falha.

O mamógrafo é um aparelho que emite radiação, como um raio X potente. Existe a mamografia de alta resolução e a digital. A diferença entre elas é que a digital visualiza as imagens num computador, o que permite alterar o brilho da foto, a sua magnificação, o contraste, visualizando melhor a área estudada. A de alta resolução emite as fotos num filme como uma chapa de radiografia.

O médico que faz o laudo da mamografia é um radiologista.

A mamografia deve ser realizada de rotina a partir de 40 anos de idade. Aos 35 anos a mulher pode fazer uma mamografia para servir de base comparativa com a próxima, aos 40, desde que esta seja normal.
Já mulheres com história familiar de câncer de mama, devem iniciar o rastreio de câncer com mamografia 10 anos antes da idade que o parente diagnosticou o câncer.

Mamografia e ultrassonografia mamária são indicadas para finalidades diferentes e uma pode complementar a outra. A mamografia nunca pode ser substituída pela ultrassonografia.

Quando a mamografia detecta alterações mesmo que sejam benignas, a mulher deve sempre levar os exames anteriores para que o médico possa dar o laudo com a classificação correta do exame. Essa classificação, muitas vezes é comparativa com exames anteriores para verificar alterações no comportamento das alterações diagnosticadas anteriormente. Por exemplo, quem já fez mamografia já reparou que no final do laudo vem descrito: categoria___ ou Bi rads ____ pode ser de 0 a 6. Uma alteração pode ser BIRADS 3 por ser recente naquela paciente. Se, com o passar dos anos ela se mantiver estável, pode cair para BIRADS 2. A diferença é que Bi rads 3 merece acompanhamento semestral por mamografia e bi rads 2, anual. Outra coisa, um bi rads 2 pode passar a ser bi rads 3 pela ausência do histórico da mulher. Por isso, não façam como uma paciente minha que não levou os exames anteriores porque achava que ia dar "cola" para o médico que daria o laudo. ok?

Mais uma coisa, quem estuda as mamas à procura de nódulos é a Ultrassonografia, independente da idade. É este exame quem faz a diferença de nódulo sólido para nódulo cístico e mede o tamanho das nodulações, descreve suas características... dependendo do resultado da ultrassonografia, faz-se a mamografia para estudar o nódulo encontrado na ultrassonografia. Essa é mais uma indicação da mamografia além do rastreio de rotina para o câncer de mama. Tem mulheres que necessitam fazer mamografia e ultrassonografia rotineiramente. Em alguns casos é necessário realizar ressonância magnética das mamas.

Quem tem próteses de silicone nas mamas pode realizar mamografia normalmente, mas em alguns casos será necessário também a ressonância magnética.

A mamografia não é um exame adequado para as jovens devido à quantidade de glândulas nessas mamas. por isso a rotina começa mais tarde. E por ter muitas falhas nas mamas jovens é que, quando uma paciente jovem tem câncer de mama (ainda bem que é raro) geralmente a doença está mais avançada.

A mamografia não deve ser realizada em gestantes devido à alta radiação emitida no exame.

A maioria das mulheres se queixa de dor devido à compressão das mamas para realizar o exame. Pior para quem tem mais peito, porque a compressão deve ser maior. A dor também acontece mais nas mamas mais jovens, com mais glândulas. Com a substituição fisiológica das glândulas para gordura, que ocorre com a idade, a dor é amenizada.

O ideal é que a mulher que ainda menstrua realize o exame logo após a menstruação porque provoca menos dor  e a qualidade do exame é melhor. Também é recomendado que não se utilize desodorantes, perfumes ou cremes nas mamas e axilas para realizar o exame. Além disso, a paciente deve levar os exames anteriores para comparação com o atual. Algumas vezes será solicitada a ultrassonografia das mamas para complementar a mamografia.

Ao contrário do que muita gente pensa, as biópsias só devem ser realizadas quando realmente há indicação, pois elas provocam cicatrizes no tecido mamário que podem atrapalhar uma futura investigação.

Significado da classificação Bi rads:

0 = sem resultado. Necessário complementar com USG de mama (quando a mamografia viu alguma coisa que não entendeu o que é. Pode ser um nódulo, ou só uma glândula, um linfonodo... por isso precisa da USG para identificar  o que é e, depois refazer a classificação). O ideal é que a mulher que acompanha um nódulo e vai fazer mamografia leve a ultrassonografia no dia do exame. Assim o radiologista que iria dar classificação 0 consegue dar classificação adequada ao receber o auxílio da ultra.

1 = exame normal
2 = alterações benignas
3 = achados provavelmente benignos. Deve repetir o exame em 6 meses. Algumas vezes é indicado a biópsia
4 = alterações suspeitas. Pode ser 4A, 4B ou 4C, em ordem crescente de suspeição. A biópsia deve ser avaliada de acordo com o caso
5 = alta suspeita de malignidade (câncer).
6 = já existe diagnóstico de câncer.









6 comentários:

  1. o genicologista pode olhar o resultado de exame de mamografia ??..

    ResponderExcluir
  2. sim!! esse é um exame que deve mesmo ser avaliado pelo ginecologita. em caso de suspeita de malignidade ele encaminha para o ginecologista-mastologista.

    ResponderExcluir
  3. Ola qria saber se posso colocar silicone tendo um nódulo bi rads 3, tenho 22 anos?
    Fiz biopsia percutânea e o resultado foi: Ectasia canalicular, fibrose intersticial, mastite crônica lobular focal, lembrando q amamentei por 1 ano e 3 meses.
    O cirurgião plastico quer um parecer de um mastologista dizendo q estou liberada para a cirurgia. Será q posso tbem tirar esse nódulo no dia da cirurgia? Aguardo respostas por favor, vou no mastologista mas estou anciosa pra saber... Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camilla, estou na sua situação!
      Tenho 22 anos, birads 03, acompanhando com mastologista.
      Pretendo colocar silicone em dezembro/2013. Na mesma cirurgia eu quero retirar os nódulos dos seios!
      Você já fez sua cirurgia? Como foi? Retirou os nódulos? Qual o tipo de cicatriz que ficou? Pode me contar tdo ? Estou anciosa! haha

      Obrigada!
      Beijo
      meu email é maisa_al@hotmail.com !!!

      Excluir
  4. não gostei o meu deu birads 0 com nodulo de 1 cm, coisa que nunca tive ,linfonodos tenho desde 2004 ,depende de muitos fatores .................

    ResponderExcluir