segunda-feira, 13 de outubro de 2014

O dia das crianças, o sol e a vitamina D

E hoje comemoramos o Dia das Crianças!

O meu dia foi todo com ele, meu sobrinho João Guilherme.

Essa semana fez um sol lindo aqui no Rio e hoje não podia ser diferente. Aproveitei e chamei meu irmão, cunhada, mãe da minha cunhada e meu sobrinho para aproveitarmos o sol, fazer um churrasco... e coloquei o danadinho no sol (com protetor solar, claro).



Como vocês podem ver ele é muito branquinho. Eu, na idade dele vivia preta. Sempre gostei do sol e nunca tive problemas por isso.

Hoje em dia as pessoas tomaram um medo exagerado do sol. Culpa de quem? da industria de protetores solares? dos dermatologistas? do aumento da incidência de sol sobre a terra? Sei lá. Só sei que sol é bom, gente, quando usado com moderação. O excesso do sol pode causar câncer de pele e menos grave, envelhecimento precoce. A falta do sol pode nos levar à osteoporose, por deficiência de vitamina D.
Vitamina D está na moda. Nunca se falou tanto sobre ela. E "ninguém" ficava dosando vitamina D no sangue como estamos fazendo hoje. E o que descobrimos? está todo mundo com carência de vitamina D!!!

A vida moderna faz com que ninguém mais se exponha ao sol. Saem de casa no carro com insul film, dentro da garagem coberta. Chegam ao destino também numa garagem coberta, e assim vai. Com muito bloqueador solar. Sou super à favor da proteção contra o sol. Mas 15 minutos de sol em uma parte do corpo (na mão, por exemplo), por dia, é o suficiente para não deixar os níveis de vitamina D cairem sem expôr as pessoas ao câncer de pele. É isso o que eu peço. Peguem aquele solzinho do inicio da manhã ou no final da tarde. Andem à pé nas ruas com uma parte do corpo exposta ao sol, 15 minutinhos por dia. Isso significa tomar vitamina D sem gastar nada.

Pra vocês saberem mais um pouquinho sobre a importância da vitamina D:


  • níveis baixos de vitamina D podem aumentar o risco de doenças cardiovasculares
  • pessoas com osteoporose e hipovitamisose D tem mais chances de sofrerem fraturas
  • O Diabetes, hiperparatireoidismo e doenças inflamatórias podem ser pioradas pela deficiência de vitamina D
  • Entre as causas de hipovitaminose D estão: uso de protetor solar, excesso de melanina, a latitude do local onde a pessoa vive, inverno (dependendo do local), anticonvulsivantes, glicocorticoides, rifampicina, doença de Crohn,  doença de Whippie, fibrose cística, Doença celíaca, doença hepática
  • Algumas consequencias da hipovitaminose: raquitismo, osteoartrite, fraqueza muscular, osteoporose, osteomalacia, dor muscular, doenças metabólicas, cardiacas, auto-imunes, doenças respiratórias, depressão, esquizofrenia, câncer de mama, cólon, próstata, pâncreas. 
  • E nas gestantes? risco de diabetes gestacional, pré-eclâmpsia, bebês pequenos ao nascer.
Recentemente participei de um simpósio sobre vitamina D e lá nos disseram que jovens saudáveis não necessitam dosar vitamina D. Mas devemos dosar vitamina D nas mulheres com risco potencial para osteoporose como as mulheres na menopausa, por exemplo. Também disseram que o obeso simula uma falsa hipovitaminose porque ao invés da vitamina D se encontrar no sangue, ela fica no tecido adiposo (gordura) e isso faz com que pensemos que o obeso está com carência de vitamina D. Além disso, quando repomos vitamina D com medicamentos, a resposta verificada através de exame de sangue demora muito (não há um tempo estimado), por isso não adianta ficar dosando repetidas vezes ao longo do ano. Finalizaram dizendo que o sol é a vitamina D de graça e a gente despreza. 

Então, galera, se for impossível pegar um solzinho, e em alguns casos onde só o sol já não é mais suficiente, temos um monte de marcas de vitamina D disponíveis no mercado. Cápsulas, gotas e até injetável. Sem reposição, ninguém vai ficar. 


Um comentário:

fernanda santos disse...

PESSOAL, ESTAREI AUSENTE ATE O DIA 05/11. PEÇO QUE, SE POSSÍVEL, AGUARDEM ATÉ ESTA DATA PARA FAZEREM SUAS PERGUNTAS PORQUE NÃO VOU DAR CONTA DE RESPONDER TODO O ACÚMULO, OK? (e vocês sabem que eu faço questão de responder uma a uma...) BEIJOS EM TODOS. MORREREI DE SAUDADES!